Estatuto Editorial

1-   Ilha Maior é uma publicação do Círculo de Amigos da Ilha do Pico (C.A.I.P.) e tem por objetivo pôr à disposição dos seus leitores um veículo de informação regular, conforme o disposto na alínea e) do artº 4º dos Estatutos do C.A.I.P.

2-   Ilha Maior é um projeto de natureza jornalística e cultural, cando a definição do seu conteúdo e da sua forma à Direção composta por um diretor e um diretor-adjunto.

2.1- A direção do Jornal Ilha Maior é proposta pela direção do C.A.I.P. à Assembleia Geral e tem um mandato de cinco anos, podendo ser reconduzida sucessivamente.

 

3-   Ilha Maior é uma publicação que integrará a Ilha no seu âmbito regional e nacional, não favorecendo, consciente e deliberadamente, qualquer entidade, ou grupo, em detrimento de outros que atuem dentro dos objetivos propostos.

4-   Ilha Maior privilegiará, obviamente, no desenvolvimento do seu trabalho informativo e cultural, os temas relacionados com a Ilha do Pico, sem prejuízo da atenção a dar em temas regionais, nacionais e universais.

5-   Ilha Maior guiar-se-á por princípios de equilíbrio, qualidade e honestidade, sendo, por isso, aberto a todas as correntes e formas de expressão, reservando-se o direito de recusar colaboração que colida com os princípios enunciados neste articulado, ou apele à violência e à destruição da ordem cívica e democrática.

5.1- Ilha Maior compromete-se a respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins-comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou deturpando a informação.

6- Ilha Maior expressará a sua opinião sob a forma de editorial e por consenso da direção e redação. Os textos assinados serão da inteira responsabilidade dos seus autores e a redação reserva-se ainda do direito de recusar colaboração não solicitada.